A Árvore Generosa

>> terça-feira, 15 de março de 2011

Hoje venho contar uma historinha triste que me lembrou uma estorinha feliz de um dos primeiro livros que li na vida: "The giving tree"traduzida como "A árvore generosa"
Quando Davi (meu filho mais velho) estava aprendendo a ler ,me perguntou qual livro que eu mais tinha gostado quando era pequena,respondi que era o livro que contava a história de amor entre um menino e uma árvore e disse o titulo em português.
Um certo dia,ele  aparece com algo escondido nas mãos postas para trás e me diz: " mãe,tenho uma surpresa pra você", mostrou o livro " The Giving Tree"  e pediu  " vamos ler juntos?". Enfim,chorei...abracei,agarrei meu pimpolho,sentamos juntos e lemos aquela deliciosa estória.

Meu sonho sempre foi ter uma árvore bem na frente de casa,minha vizinha tinha uma enorme...isso mesmo que disse : "tinha" pois mandou corta-la esse final de semana.Juro,gente! Não acreditei quando ouvi o barulho de serra elétrica e enxerguei a árvore linda e robusta sendo cortada.A vizinha diz que cortou porque não gostava dela ali,prefere só grama...Meu Deus que crime!
Todas as crianças do bairro adoravam aquela árvore e faziam de sua sombra um recanto...
Davi e Thomas sempre sentavam ali...e num dia de domingo a cena que vimos foi essa aí:

...mas ai lembrei do final do livro quando a árvore (por já estar velhinha) fica só um toco e o menino (já velhinho também) faz do toco um banquinho...


Eu e Davi capturamos um dos pedaços do tronco (pesado que só!) e levamos pra casa!! =)
E assim a árvore continua generosa,promovendo muita alegria para nosso pequeno Thomas
The end.
Bitocas,
Rafa ☼
P.S: alguém conhece algum produto para tratar esse toco de árvore ?

Heloisa  – (15 de março de 2011 11:05)  

Que lindo!!!

Tomara que descubra o produto logo....seestivesse ai tbm ia querer um monte de "toco" pra minha casa...

bjs

Luciana  – (15 de março de 2011 11:06)  

Oi Rafa!

Ai, dá muita pena quando a gente vê uma árvore dessas indo para o chão... e mais ainda sem um motivo justo!

Essas fatias de tronco de árvore são ótimas tb para fazer caminhos no jardim. Não sei te dizer se há um produto adequado para tratá-las. Eu já tive desses pedaços de tronco na minha casa, mas tive de me desfazer por casua dos cupins.

Um beijão, amei essa postagem!

Lu

Fala, Mãe!  – (15 de março de 2011 11:09)  

Rafa querida, adorei o post! Que pena que a árvore se foi, mas vc soube usar o lúdico e aproveitar bem o que restou dela. beijo

Margarete  – (15 de março de 2011 11:13)  

Oi Rafa, eu tb fiquei indignada com isso!!! Como cortar uma árvore tão linda, ainda bem que vc recolheu um pedaço, talvez o mais importante, quem sabe esse pedaço é o coração da árvore, e para tratá-lo, amor!!!!!
beijos.

Pipa  – (15 de março de 2011 11:22)  

sua história me emocionou muito...
infelizmente não sei como preservar esse tronco, mas é uma linda peça para se preservar e ter sempre uma história para contar. Xero!

lidiagomespaschoal  – (15 de março de 2011 11:47)  

Adorei tua história, a gente fala que criança só gosta de video-game e computador... mas eles gostam tanto da natureza tb. Que continuem assim! Quanto ao teu toco, acredito que deva só deixar secar bem e ir colocando um veneno para prevenir cupim.Bj e obrigada por esse post.

Du  – (15 de março de 2011 11:51)  

Rafa,
Que crueldade e falta de sensibilidade desta vizinha.ÚUUUUUUUUUUUUUU pra ela, que feia.
Parabéns pela atitude de resgatar um pedaço do tronco, querida.
Dia 26/03 apague as luzes das 20:30 as 21:30 para ajudar as pessoas se concientizarem que o mundo precisa de ajuda.
Bjs http://www.horadoplaneta.org.br/

Rebeca Fernandes  – (15 de março de 2011 11:58)  

Fiquei emocionada com a sua história !!!
Quanto ao toco passe um produto contra cupins e acho que já será o suficiente.
1000 beijos.
http://apartamentoecasamento.blogspot.com/

Ellen - Ateliê Doce Inspiração  – (15 de março de 2011 12:33)  

Fiquei triste com a história da árvore, mas adorei o destino que você deu para o seu tronco.

beijos

Lívia Martins Berci (Tinha)  – (15 de março de 2011 12:37)  

Amei seu blog. Já estou seguindo. Dicas mto úteis e mto legais!
Beijos,

Geninha  – (15 de março de 2011 14:17)  

Que triste. O japão não a comoveu, não?

Bjs!

Rafaela Fajardo  – (15 de março de 2011 14:25)  

Ola Geninha,
Quem nao se comoveu com o Japao,nao eh?Nao eh pq nao comentei nada aqui que nao tenha ficado arrasada por isso. ;)
Beijos

Mi Hernandez  – (15 de março de 2011 14:32)  

Hola, Rafa,que chato hein? Um crime isso. Mais você pelo menos soube guardar uma recordação,para seus filhos, que desfrutaram tanto da amiga árvore.
Como acredito que vai ficar no play e se você quiser conservar a "cara natural",passe goma laca indiana para fechar os poros da madeira (pq ainda está verde e tem seiva) e depois passe cera em pasta incolor,daquelas de chão.Se quiser brilho verniz de madeira. Se quiser salvar mais uns "tocos" e colocar em área externa verniz poliuretânico(verniz náutico,marítimo,não sei como chamam aí,mas é prá casco de navio)tem fosco e com brilho,aguenta sol e chuva...Besitos

Fernanda Reali  – (15 de março de 2011 14:46)  

emocionante!!!

Já postei sobre esse livro, que eu adoro, e vou inserir teu link lá

http://fernandareali.blogspot.com/2010/06/arvore-generosa.html

Amei a ideia dos tocos. Penso que Jimo Aerossol pode evitar os cupins e um selante de madeira pode impermeabilizá-los sem enverniar, ou seja, sem tirar o aspecto natural.

Veja o telefone da secretaria de meio ambiente da sua cidade e denuncie, mande fotos, reclame. Isso não pode ficar impune, deve haver multa. Já pesnou se vira moda?

beijoooo

DaniMoreno  – (15 de março de 2011 15:01)  

Rafa... que linda história!!! Que maldade não gostar da árvore... maldade maior mandar cortá-la!!! Que judiação!!!

Ainda bem que tuas mãos de fada deram um jeitinho de eternizá-la!!!

beijinhos

Carla Pathy :  – (15 de março de 2011 15:30)  

Oi Rafa!
Adorei a história, mais ainda saber que leste com teu filho.Sempre fico triste quando alguém corta uma árvore. Meu vizinho cortou também...4 de uma só vez porque estava atrapalhando a entrada do terreno. Pedimos a ele os pedaços de tronco que se transformaram em pés para um banco tosco de jardim, suporte para alguns vasos e decoração para o jardim...mesmo assim, achamos a maior judiaria...
Não usamos nenhum produto, apenas deixamos secar bem porque nosso propósito não era colocar dentro de casa. No teu caso, sugiro deixar secar bem e passar um jimo cupim para proteger (dá pra lixar bem, antes).
Beijos!Espero ter ajudado.

Ana Paula França  – (15 de março de 2011 15:51)  

Querida, essa história me deixou com um nó na garganta. Quem não sonha com uma arvore linda na frente de casa. Eu tenho uma e nunca dei muita atenção a ela. Amanha mesmo vou ver o que posso fazer para deixar a minha árvore ainda mais linda. Pena não poder te ajudar com o seu tronco, mas tenho certeza que vai achar algum produto para conserva-lo. bjs!

prisveiga  – (15 de março de 2011 16:04)  

Meu Deus que lindo!!!
Tô realmente emocionada, isso que é lição para os filhos, que ação mais bela.
Tô aqui me perguntando como entrei aqui no seu blog tantas vezes e nunca te segui, agora não vai passar.
Amo seu blog e as coisas que você disponibiliza pra gente sonhar e comprar, amo amo, amo...

Bjinhosss

www.rosaturquesa.blogspot.com

Nadjanara  – (15 de março de 2011 18:20)  

Oi Rafa! Muito legal a história criada e associada.
Ah e qto ao comentário da "Geninha", acho que ela estava se referindo a sua vizinha, com um desastra natural desse tamanho todo e ela despresando uma árvore, sem se importar com o paneta! (pelo menos foi isso q entedi, só reparei nisso pq senti que vc ficou sentida com o comentário dela)
Beijo querida! seus filhos são lindos (Eu tbm tenho um Davi)

=)

Rafaela Fajardo  – (15 de março de 2011 18:44)  

Nadjanara,
Eh verdade,pode ser que ela tenha se referido a vizinha-matadora-de-arvores...rsrs
...mas nao fiquei chateada nao!=)
Beijos meu bem!!!

Jéssi Zborowski  – (15 de março de 2011 19:22)  

Que linda história Rafa....
agora além de ficar gravada na memória dos teus pequenos, mas também na de todos que leem o teu blog..
com certeza será repassada a muitos ouvidinhos atentos pelo mundo afora....
um beijinho!!!

Casa e Mulher  – (15 de março de 2011 19:49)  

Olá , gosto muito do seu blog e sempre acompanho recentemente fiz um blog pra mim e linkei o seu ... Ficaria muito feliz se você também linkar meu Blog : http://casaemulher.blogspot.com/
Bjsss, Vivi.

Anônimo –   – (15 de março de 2011 20:13)  

OI Rafa, adorei como vc. conduziu esta estória, principalmente para seus filhos.Também passei por uma experiência parecida aqui na minha rua,em pleno novembro as vespéras do verào carioca a comlurb resolve podar (matar) as árvores , eu tentei de tudo , liguei, mandei e-mails, cartas para o jornal e consegui, nào sei se por esses motivos, mais não podaram três e elas estão lindas purificando o ar e principalmente refrescando a rua dos dias quentes do verão. BJS Ana Paula Damo

Angélica –   – (15 de março de 2011 20:20)  

Pobre árvore... nunca fez mal a ninguém. Talvez a sua vizinha não gostasse dela justamente porque atraía a criançada pra perto da casa dela (ou seja, será que ela gosta de crianças? Cuidado com a vizinha, rs!).

Agora chegou a sua vez de plantar uma linda árvore na frente da sua casa. Não cabe?

Bjo!

Belas Artes  – (15 de março de 2011 21:20)  

Triste fim da generosa árvore,mas lindo o seu carinho e deus filhos para com ela.
Acho que cera de carnaúba que utilizam em móveis rústicos é uma boa opção. Aqui na minha cidade (Embu das Artes SP)tem muita fábrica de móveis rústicos,inclusive sempre tem uns tronco à venda e até onde sei é essa cera que eles usam.
Beijos

Lia  – (16 de março de 2011 07:13)  

Que lindo!
Tenho certeza que seus filhos aprederam uma bela lição com isso ... que vão carregar p sempre.
Quanto a vizinha... ela não sabe o que perdeu!

Cristiane  – (16 de março de 2011 10:45)  

Me emocionei com o seu relato, porque também li esse livro na minha infância. Saiba que seus filhos serão adultos de bem com a mãe que tem (ate rimou).
Beijos da Cris!

Nah –   – (16 de março de 2011 12:02)  

Oi Rafa aqui na minha cidade (moro no Québec- Canada) é proibido derrubar árvores, e obrigatório possuir ao menos 1 árvore na frente da casa com altura mínima de 3 metros, e 2 árvores no mínimo no jardim dos fundos, é lei.
Minha casa tem muitas árvores, muitas flores, moro na cidade mas me sinto no campo, pelo menos quando não é inverno, pois nele fica tudo branco, daí só os pinheiros se mantém com folhas...
Lamento pela árvore.
Não li o livro mas já vou providenciar um!!
Parabéns pelo blog! Você é muito talentosa e criativa!

Edna  – (16 de março de 2011 13:07)  

Isso aí não é crime? Aqui na minha cidade não pode sair cortando árvore assim...Ela é uma anta, ainda bem que você sabe e dá valor para o que vale a pena na vida, cuidar de quem nos dá tanta alegria " a mãe natureza". Parabéns pela reciclagem do que sobrou desta pobre árvore.
Não sei o que te indicar p/ passar no tronco, mas na net deve ter muiats idéias.
Bjks

Economia Doméstica e Requinte com Ana Paula  – (17 de março de 2011 05:57)  

De tuod sempre é possivle tirar algo de bom...
Viu que ideia genial que vc teve.
Bjs

Iáfa Almeida Cac,  – (17 de março de 2011 06:41)  

Eu também era APAIXONADA por esse livro!
Tenho até hoje!!!!
(L)

Adorei o final da sua história com a arvore generosa daí :)

congrats!

Mirian Decorações  – (18 de março de 2011 07:43)  

Realmente o homem não sabe o que faz!
Parabéns pela atitude! Isso vai ficar para vida toda, não só para seus filhos, mas também para quem leu esse post.

Para você, eu tiro o chapéu!

CRIA DA CASA DESIGN  – (19 de março de 2011 17:15)  

Olá Rafaela, sua história me comoveu.
Hoje recebi um e-mail e na mesma hora me lembrei de vc, vou te mandar não deixe de ler, tem tudo haver com tudo que vc disse e senti.
Não tenho comentado muito mas sempre estou te visitando.
Com o comentário da "Geninha" eu pensei:
" Bom ela não é muito inteligente pq quem se comove com uma árvore é óbvio que se comove com trajédias como a que aconteceu no Japão. Quem parece não ter sensibilidade é a "Geninha".
Beijos querida e seus filhos são lindos, que Deus abençõe sua linda família sempre, e como disse a minha grande amiga Margarete, o coração da árvore está cercado de amor, tenho certeza.

anna merenwen  – (20 de março de 2011 06:13)  

Olá!
Linda estória, me emocionei com o acontecido no livro e na real life. Como verdadeira apaixonada pela natureza, fiquei triste com a atitude da sua vizinha... enfim, cada um é cada um.
Sobre como cuidar do pedaço, sujiro que você aplique camadas bem generosas de cupincida, aplique com vontade mesmo, o interessante seria até um super banho de imersão para deixá-lo bem protegido. Gosto muito de madeira, vivo resgatando e reformando móveis antigos que encontro por aí...rsrsrs...
Depois, para finalizar, uma boa camada de stain (que protege das intempéries e é fungicida) e usar à vontade! Qualquer dúvida é só me perguntar, Ok?
Beijos

Aime Chiquini  – (20 de março de 2011 23:29)  

Rafa,

tem um produto chamado Stain preservativo, é um produto tipo verniz, que se passa em madeira e deixa impermeável e protege contra outras coisas.... procura no google...
certeza que ai deve ter algum parecido... O preparo da madeira seria lixar e depois passar umas duas ou três demãos e deixar secar!!! SO
fica lindo!!!!!
Espero ter ajudado
Ps: adorei o seu blog!

Maria Laura Martins  – (11 de abril de 2011 17:37)  

Adorei a história. Linda! (e verdadeira!)

Larissa Felinne  – (3 de setembro de 2011 10:14)  

Adorei a história e mesmo ficando triste pelo final da árvore adorei o que você fez com o tronco. É por isso que sempre acompanho esse blog!!

Anônimo –   – (3 de setembro de 2012 07:45)  

OI,RAFA.TALVEZ VC POSSA ENVERNIZAR O TOCO DA ARVORE COM VERNIZ SPRAY PARA MADEIRA.VC COMPRA EM LOJAS DE ARTESANATOS ,APARTIR DE R$15,00 A LATA DE 300ml.ENVERNIZADO O TOCO VAI DURAR MAIS,ALEM DE FICAR MAIS FACIL DE LIMPAR.

BOA SORTE!
1.000 BJOKS!
ETIENE LAIS

Postar um comentário

Conte-me tudo,não esconda nada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba os posts por e-mail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner